O começo…

O comércio exterior no Brasil ainda tem bastante espaço para crescer, o país não ocupa uma posição significante no comércio internacional e balança comercial ainda não é tão expressiva dentro da nossa economia.

Por essa razão, além do câmbio, que nos favorece, a exportação pode ser uma grande oportunidade para as empresas, sendo assim, os textos tem o propósito de trazer informações relevantes para quem busca saber mais sobre o comércio internacional.

A exportação e o Brasil.

Com cenário econômico peculiar e mercado cada vez mais competitivo, as empresas tem buscado ampliar seus horizontes, aumentar sua receita e alcançar o publico internacional.

A balança comercial ainda não tem um peso relevante na economia brasileira, e o comercio exterior é ainda difícil, se compararmos com a Itália, por exemplo, que é um país que exporta por vocação.

“Em 2016, por exemplo, nossas exportações geraram divisas (dólares e outras moedas conversíveis usadas em transações internacionais) de US$ 185 bilhões, de acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Parte desses recursos serviu para compensar as importações, que atingiram US$ 137 bilhões. O restante foi incorporado de diversas formas à nossa economia. Ou seja, no final das contas, tivemos uma entrada de divisas no nosso país, agregando ao nosso Produto Interno Bruto (PIB).”

Sendo assim , essa parece uma grande saída para nossa economia, especialmente com o cambio extremamente favorável a exportação, que temos atualmente.